4/29/2012

No grito, só Dom Pedro

"Só entrego o autódromo de Jacarepaguá para eles construírem o Parque Olímpico dos Jogos Rio-2016 quando o de Deodoro estiver pronto – salientou o presidente da  CBA, que está resguardado por um acordo judicial para fazer tal afirmação."

Rio sem espaço para corridas

Novo circuito em Deodoro não deverá ficar pronto antes de demolição do autódromo



RIO - O Rio ficará temporariamente sem autódromo durante a preparação da cidade para os Jogos Olímpicos Rio-2016. O secretário de estado da Casa Civil, Régis Fitchner, e o prefeito Eduardo Paes admitiram nesta quarta-feira que o novo autódromo de Deodoro não deverá ficar pronto antes da demolição do antigo Autódromo Nelson Piquet, em Jacarepaguá. Segundo Fitchner e Paes, aguardar a nova pista poderia comprometer o cronograma do parque olímpico.
Estado e prefeitura não especificaram quanto tempo o Rio ficará sem espaço para as provas de automobilismo. Um cronograma de obras do novo autódromo será apresentado à Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) na semana que vem. Um acordo judicial, assinado pela prefeitura antes dos Jogos Pan-Americanos de 2007 e renovado durante a candidatura às Olimpíadas, prevê que o Autódromo Nelson Piquet só seja desativado quando houver uma alternativa na cidade.
— Os prazos serão discutidos com a CBA, mas não tem muito como fugir. Não dá tempo de um ficar pronto para desocupar o outro. É uma impossibilidade. O governo federal ainda está finalizando o projeto do novo autódromo, que foi prometido para junho — explicou Fitchner.
Já Paes disse que o calendário de corridas será respeitado “até onde der":
— Provavelmente teremos um período de tempo em que o novo autódromo poderá não estar pronto. Estamos compatibilizando prazos. Mas há que se ter compreensão com os compromissos olímpicos.
O diretor jurídico da CBA, Felipe Zeraik, afirmou que a entidade poderá recorrer à Justiça para garantir o acordo. Mas segundo ele, a CBA não irá se opor caso o cronograma de obras coincida com o recesso das provas, que acontece de novembro a fevereiro:
— O acordo está escrito e vai ser cumprido. Disso depende a sobrevivência da categoria. Mas não vamos criar caso se as obras ficarem prontas antes do próximo calendário de provas.
As obras do parque olímpico começam em junho, com a implantação de infraestrutura em parte do autódromo e nos terrenos da Vila dos Atletas e da área comprada pela prefeitura na Estrada dos Bandeirantes, para reassentar as famílias da Vila Autódromo.
Segundo a presidente da Empresa Olímpica Municipal, Maria Sílvia Bastos Marques, a recomendação é que as intervenções não interfiram diretamente na área usada pelo automobilismo. Mas o planejamento das obras, publicado em março no Diário Oficial do município, demonstra que 80% das demolições no antigo autódromo teriam que ser feitas ainda em 2012.
— As obras têm um cronograma que não dá muita margem para atrasos.



Esta notícia mostra o tamanho do golpe que está em andamento, o prefeito não quer cumprir o acordo, não quer obedecer o parecer do conselho de meio-ambiente, em suma, quer fazer o que  bem entender quando lhe der vontade. Agora ele diz que a obra tem cronograma, mas antes ficou 3 anos enrolando sem definir prazos nem locais, ao que parece estamos assistindo  um desacato à autoridade do judiciário que determinou que a desativação do autódromo de Jacarepaguá só poderia ocorrer mediante a entrega de um novo autódromo funcionando.

Pelo visto não querem entregar nada, pior, querem fingir que vão começar a obra e depois largarem no meio do caminho. Mas, principalmente, quem tem que tomar a frente dessa história é o presidente da CBA, Cleyton Pinteiro, ele tem que tomar a frente dessa briga por que é ele que representa a categoria de pilotos, e tem respaldo deles, pelas últimas declarações dadas por todos os que souberam que o acordo poderia ser rompido.

Uma posição enérgica da Confederação, se preciso indo aos tribunais, exigindo um mandado suspensivo, ou de segurança, como for, para garantir o direito do automobilismo carioca de  ter sua praça de esportes preservada, senão teremos a certeza que a CBA não serve para nada, apenas para cobrar carteirinhas e homologar categorias, mas que na hora de defender os interesses do automobilismo prefere baixar a cabeça.
O prefeito não tem nada a oferecer e muito menos a exigir, quem tem que construir o novo autódromo é o governo do estado por determinação do governo federal, e que está de mãos atadas depois de relevarem o escândalo das relações promíscuas do governador com o dono da construtora Delta. E a coisa pode piorar, pois esta mesma construtora tem negócios com a prefeitura. Sabe-se lá o que pode estar por trás das assinaturas desses contratos, já que Cabral e Paes, tão amigos, viajaram juntos tantas vezes, talvez a soldo de empreiteiros e empresários, talvez a trabalho, mas de qualquer forma, não vejo idoneidade em nenhum dos dois para continuar seus trabalhos à frente de cargos executivos de tamanha importância. As notícias de hoje em Jacarepaguá no site do Cross Brasil, amanhã faço um post só com fotos e filmagens do domingo na pista.

http://www.crossbrasil.com.br/2012042919078/F1/paulo-coelho-e-celso-vianna-vencem-no-estadual-de-marcas-do-rio.html

E pra fechar o post, ainda ecos da F-Truck com o pessoal entrevistando a Débora Rodrigues no "Curva do "S", a pilota desce o sarrafo no escandalo da destruição de Jacarepaguá.

http://www.youtube.com/watch?v=p45P5rrHwtY&feature=youtube_gdatahttp://www.youtube.com/watch?v=p45P5rrHwtY&feature=youtube_gdata

 

5 comentários:

Jason Castro disse...

Oi Buriti, A primeira notícia não tá um pouco defasada? Este Regis Fichtner não é o da foto de guardanapo na cabeça? Nem ele, nem o Prefeito estão preocupados com o Autódromo. Desde ontem estão reunidos para tentar salvar a pele...
Estes vídeos e fotos vazaram via CPI de Cachoeira e parece q vem muito mais por aí! As próximas eleições municiapais vão ser um chuá...

audiotechsom disse...

Olha aí Sr.advogado da CBA, só entregue o autódromo depois que o outro tiver pronto.Pois depois vai chorar o leite derramado.Político é tudo uma corja só, até entra com boa intenção mas depois acaba se corrompendo!!!Não aceitaremos isso tudo calado!!!!

audiotechsom disse...

Ô Buriti o pessoal da motovelô, tá querendo fazer uma manifestação pública dependendo dessa reunião aí dos próximos dias.Estamos pensando em colocar outdoor e outras coisas para chamar a atenção da população e desses "vândalos de gravata",avisa aí ao pessoal do automobilismo também pra ver o que nós podemos fazer para unir forças.Falei com outras comunidades também e tá tudo OK!!temos que nos organizar dependendo do que for conversado lá com a CBA, pois não sei se vc.se lembra mas o César Maia na época entrou com uma liminar de madrugada no autódromo e saiu demolindo tudo de forma covarde!!!!

paulo disse...

Só eles que não querem ver.Os pilotos também estão a nosso favor. A população também.Uma dessa para comprar uma briga é paulada.Falta uma desa para colocar mais fogo na lenha.Ela falou aquilo que não só eu mas como vários falando de quererem alterar limites de bairros para aumentar metragem de chão e enganar os habitantes. Pura especulação mesmo e devemos acabar com isso na capital do Rio.

Anônimo disse...

Buriti ,

Já deu uma olhada nisso? veja os outros tópicos

abraços


http://blogs.lancenet.com.br/rio2016/2012/05/03/cba-faz-exigencias-e-endurece-o-discurso-para-o-fim-do-autodromo/